sábado, 1 de junho de 2013

VIRTUAL



O acorde de uma melodia
Que vem de longe,
Trás tantas lembranças.
Transporto-me no tempo
E no espaço.
Imagens que desfilam
No virtual mundo
Das recordações.
Transformam o antigo
Em presente.
O fulgor de uma época
Que passou
Reproduz marcas,
Que jamais serão cicatrizadas,
E desperta a felicidade
De belos momentos,
Que nunca se esquece.
O viver é como as flores
Que renascem
A cada primavera,
Beleza que não se define
De curta duração.

REFLETIR



Na vida
Nada acontece por acaso!
O adormecer,
Nossos sonhos
Projetos e planos,
Estão intrinsecamente
Impulsionando-nos
Na busca de novas aventuras.
Na vida
Nada acontece por acaso!
O amanhecer,
Nos trás uma nova emoção
Ao descobrir
Que estamos vivos
Para viver um novo dia.
Que os desafios
São símbolos de vitórias.
Na vida
Nada acontece por acaso!
O entardecer,
Tem a suavidade
De uma pluma flutuando
E nos leva a refletir
Sobre as casualidades
Dos nossos atos.