sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

FOI LINDO



Foi lindo, lindo demais!
Nossos olhares se encontrando
Na inocência do momento,
Que o acaso nos proporcionou.

Tão sublime tão puro
Como àquela brisa suave,
Que desalinhou nossos cabelos
E nos tornou amantes

Rebeldes solitários,
Que somente se amam
No vendaval dos anônimos
Encontros furtivos.

Que nos fez prisioneiros
Reclusos dos nossos
Próprios sentimentos;
Consumidos pela distância.

E na sinopse da história
Que juntos escrevemos,
Ficaram refletidos
Em nossas retinas;

Todo encanto das imagens
Que o tempo as deixou
Jogadas em um canto
De parede de um quarto vazio.



  

  





 

Nenhum comentário:

Postar um comentário